PALESTRAS

O Cervin, através do departamento de prevenção, realiza palestras em diversos tipos de organizações, públicas e privadas. Nestes encontros aborda-se e esclarece sobre a dependência química, informando e orientando sobre o assunto. Procura-se alcançar dois grupos de pessoas: preparar pais, professores e responsáveis para desenvolverem conversas preventivas com crianças, adolescentes e jovens, bem como a importância de promover estratégias preventivas; e o segundo grupo, dos que já possuem usuários de alguma substância psicoativa, orientando e informando sobre a rede que desenvolve serviços nesta área.  Atualmente, em média, 1200 pessoas por ano são beneficiadas com estas informações.
Entre em contato com o CERVIN, para agendar uma palestra.

VISITAS A INSTITUIÇÃO

Em qualquer momento, pode ser agendada um visita ao CERVIN por instituições públicas e privadas. Esta visita tem por objetivo, além de conhecer a estrutura da Casa, conhecer a rotina dos programas e eventualmente ouvir o depoimento de algum interno, conhecendo sua historia com drogas e as dificuldades para a reabilitação e reinserção social. Estas visitas podem ser acompanhadas de palestras, como do item anterior.
Entre em contato com o CERVIN, para agendar uma visita de grupo.

GRUPOS DE APOIO (Prevenção secundária)
Todos os internos do CERVIN, bem como seus familiares são orientados a procurarem um grupo de apoio. A família se beneficia deste espaço onde ela pode ouvir as experiências de outras famílias, exporem suas dificuldades, num espaço ético, especializado na área, apto a oferecer o cuidado e orientação que necessitam.
O dependente químico também é incentivado a freqüentar um grupo de apoio, assim que deixar o tratamento. Desta forma estarão fortalecendo seus propósitos de manter a abstinência; identificando e sentindo-se pertencente a um grupo apto a compreender suas lutas e dificuldades; promovendo e ampliando a convivência social.
A relação, com endereços dos Grupos de Apoio organizados, com auxílio ou apoio da Cruz Azul você pode encontrar neste site no link „Parceiros“.

PARCERIA COM CAPS AD
CAPS AD (CENTRO ATENÇÃO PSICOSSOCAIS – ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS)

São estruturas da área da Saúde, mantidos pelo SUS (Sistema único de Saúde), especializadas em dependência de álcool e/ou outras drogas. Os CAPS AD possuem equipe multiprofissional, formada por psicólogos, assistentes sociais, médicos psiquiatras e clínicos, terapeuta ocupacional, enfermeiros, entre outros profissionais. Oferecem tratamento ambulatorial. Quando o paciente encontra dificuldade em aderir ao tratamento ambulatorial por encontrar-se muito comprometido com a dependência, este é encaminhado pelo CAPS AD ao serviço que melhor atender suas necessidades: hospital psiquiátrico ou Comunidade Terapêutica.
O apoio à família é fundamental neste processo, para isto são realizados grupos para atendimento aos familiares de pacientes, onde são esclarecidas dúvidas, anseios e dado o suporte que a família necessita.
Ao concluir o tratamento em regime de internação, os pacientes são encaminhados aos CAPS AD para dar continuidade no processo de recuperação, com um importante trabalho com enfoque na reinserção social, readaptação familiar, profissional, planejando um acompanhamento individual, baseado nas necessidades de cada caso.

PARCERIA COM IGREJAS

O CERVIN é uma instituição Cristã e interdenominacional, que acolhe pessoas de qualquer credo religioso.
A participação das igrejas, independente da denominação, acontece através de visitas, apresentação de músicas gospel, ministração de estudos bíblicos, depoimento de encorajamento, organização de trabalhos voluntários, arrecadação de doações, etc.
Algumas igrejas têm assumido financeiramente um funcionário, que passa a ser missionário daquela comunidade.

TRATAMENTOS

Para eficácia do tratamento a instituição possui duas estruturas: Unidade masculina, localizada no município de Rolândia, onde também funciona a sede administrativa da instituição e a Unidade Feminina, no município de Cambé. Na Unidade masculina ainda há divisão por faixa etária: adolescentes (12 a 17 anos) e adultos (acima de 18 anos). Cada divisão é contemplada com programa e equipe específicos, denominando-os de: Programa de Adultos Masculino, Programa de Adolescentes Masculino e Programa de Adolescentes e Adultas Feminino. Os programas são divididos em 4 fases (Acolhimento, 1ª, 2ª e 3ª fase), sendo que cada etapa possui objetivos próprios, que na sua somatória trazem maiores possibilidades de alcançar novas metas pessoais e mudanças esperadas.
Os programas são divididos entre:

Acolhimento: Neste período (30 dias), o interno (a) conhece a proposta do tratamento e sua metodologia. Após 30 dias de internação o paciente encontra-se apto a decidir pelo tratamento, ou seja, desintoxicado, conhecendo o funcionamento e rotina da instituição e longe da pressão social. Portanto o mesmo é consultado sobre a decisão de permanecer. Decidindo pela permanência ele passa para a primeira fase.
1ª fase: Esta tem duração variada: Adultos (60 dias), adolescentes (45 dias);
2ª fase: Duração de 60 dias (adultos) e 75 dias adolescentes;
3ª fase: 30 dias para todos os programas.
O término do tratamento contido no regulamento interno do CERVIN ocorre aos 180 dias da internação, desde que o interno alcance as metas estabelecidas pelo tratamento.
Para mais detalhes de como é a vida na entidade, consulte o item VIDA NO CERVIN deste site.

Prevenções de Recaídas (Prevenção quaternário)
Ao término do período de internação, o adicto é orientado manter sua participação em grupos de apoio e igrejas, além de manter o tratamento ambulatorial no CAPS AD.
A equipe técnica da instituição (assistente social, psicólogos, capelão) ainda fica ao dispor do adicto após tratamento para orientações específicas.